Início > Devocional, Notícias > Pedofilia, Pederastia e Homossexualismo, Continuaremos Omissos?

Pedofilia, Pederastia e Homossexualismo, Continuaremos Omissos?

Fala galera, tudo bem? Deus faça sua vontade.

O objetivo que me traz aqui hoje é o de falar sobre um tema complexo e grave, mas que, infelizmente, tem sido totalmente ignorado por boa parte de nós, evangélicos: Pederastia, homossexualismo e pedofilia. Definitivamente não tenho a mínima pretensão de exaurir o assunto (demasiado complexo e amplo), mas apenas iniciar uma discussão. O Dário me enviou dois textos (link ao final do post) e eles me despertaram a necessidade de debatermos o assunto, afinal, a igreja, como sal da terra e luz do mundo, não pode se omitir. Além do mais, não sejamos inocentes, tais coisas acontecem em nosso meio também.

Mais uma vez notícias sobre escândalos sexuais na igreja católica tomam a mídia. Sem muita variação a prática é sempre a mesma: Pederastia. A mídia faz questão de enfatizar o envolvimento da igreja católica. Coincidentemente, muitos casos de pedofilia têm tomado grandes proporções nos meios de comunicação, não raro destacando o envolvimento da família ou de algum familiar no ocorrido.

Porém, uma coisa que me chamou a atenção num dos textos, foi o destaque dado pelo autor ao fato de que nunca, NUNCA, esses episódios são apresentados como algo relacionado à práticas homossexuais. Definitivamente não quero associar o homossexualismo à pedofilia. Contudo, é inegável que em boa parte dos casos essa prática esteja envolvida. Ontem, conversando com o psicólogo aqui de casa, “Dr.” Álvaro Duarte, fui informado de que nem sempre a prática homossexual implique necessariamente em homo-afetividade, quer dizer, nem sempre quem pratica o ato homossexual é, de fato, amante de homens ou meninos. É o caso, penso eu, dos presidiários que mantêm relações sexuais entre si, mas unicamente por necessidade sexual, e não por homo-afetividade. Todavia, é inegável que práticas homossexuais quase sempre estejam relacionadas à pedofilia e, sempre, no caso da pederastia. Pergunta-se então: Por que quando esses casos são divulgados pela mídia quase nunca se faz tal associação? Uma hipótese possível é a de que isso ocorra propositalmente para que as pessoas não atrelem essas práticas (pedofilia e pederastia) ao homossexualismo. Afinal, os gays (sentido amplo) mais do que nunca estão começando a buscar sua inclusão e aceitação pela sociedade heterossexual, o que em parte começa a acontecer. Caso o homossexualismo fosse associado a essas práticas, provavelmente o movimento gay começaria a perder “terreno” e influência. Não podemos nos enganar, é fato que há tempos a mídia, de certa forma, tem apoiado a causa homossexual de forma clara. Novelas (principalmente as da Globo), desenhos infantis (Bob Esponja, Meninas Super Poderosas, Vaca e o Frango por exemplo) e agora a forma como essas notícias são passadas pela mídia demonstram o quanto querem nos fazer aceitar a causa homossexual à força. A mídia destrói a imagem da igreja católica (tentando destruir indiretamente os valores cristãos) e da família porque são duas instituições que ainda velam por valores importantes na sociedade, mas que vão de encontro aos anseios da causa homossexual. Se eles conseguirem macular a imagem destas duas instituições, desmoralizando-as, sem que, ao mesmo tempo, as práticas destruidoras sejam associadas ao homossexualismo, terão ganho a batalha, afinal as pessoas pensarão o seguinte: Ora, a igreja católica é contra o homossexualismo e o aborto, mas vejam o que os padres fazem com as criancinhas! (Se esquecem que o padre tem relações homossexuais com as crianças); ou então pensarão o seguinte: Do que adianta a família, se os principais casos de pedofilia acontecem lá, no seio familiar?

Reconheço que nós cristãos, na maioria das vezes, quando não somos omissos, não temos a menor idéia de como lidar com a questão. Preferimos simplesmente condenar todo mundo ao inferno e ponto final. Esse tipo de esculhambação também é dispensável. Temos que encarar essa realidade e buscar sabedoria divina para sabermos a melhor maneira de agir quando lidarmos com essas pessoas (homossexuais, pedófilos, pederastas etc). São seres humanos, amados por Deus. Na maioria absoluta dos casos essas pessoas também foram vítimas de abusos e violência na infância. Sofrem por causa de seus erros, muitas vezes tanto quanto as vítimas. Todavia, o que também não podemos fazer é considerar o homossexualismo algo normal, porque definitivamente não é. Pode até ser que não seja uma doença, não sei, mas, no mínimo, deve ser considerado um distúrbio sexual, uma contradição à natureza, como Paulo coloca no primeiro capítulo de sua carta aos Romanos. Não é possível apoiarmos causas como a da N.A.M.B.L.A (North American Man/Boy Love Association. Tradução livre: Associação Americana do Amor entre Homens e Meninos) como sendo algo normal. DEFINITIVAMENTE NÃO É NORMAL.

No mais galera, fico por aqui. O assunto é complexo e, como sempre, busquei ser sucinto. Esse é apenas mais um dos temas que, como cristãos, deveremos enfrentar daqui em diante. Chega de omissões. As pessoas já estão cansadas do nosso discurso, quase sempre moralista e alienado, mas sem a mínima disposição de ir dialogar com elas. Ouví-las, sem preconceito, como Jesus fazia. Estamos no mundo e, portanto, é aqui que devemos ser aquilo que Cristo espera de nós: Sal da terra e luz do mundo

Abraços!

Quem quiser saber mais:

http://juliosevero.blogspot.com/2006/04/padres-pedofilia-e-homossexualismo.html

http://pavablog.blogspot.com/2010/04/pedofilo-e-gente.html

http://www.nambla.org

Receba nossas atualizações através do Twitter (@AdoraSemLimite) ou por email através da opção “Inscreva seu Email”, no canto superior direito.

Anúncios
  1. Mathias Grimm
    19/05/2010 às 00:16

    E ae mestre!
    como posso entrar em contato nos dias de hoje?

  2. Duarte Henrique
    19/05/2010 às 01:15

    Grande Mathias!

    Não acredito! Quanto tempo meu amigo! Rapaz como tu chegou até aqui?! Meu email é veracuria@hotmail.com Manda uma email pra mim contando as novidades! Que mundo pequeno, é impressionante, Manda o email aí, não esquece!

    Abração meu amigo!

  3. Paulo
    06/06/2010 às 16:55

    pedofilia e homossexualismo não tem nada haver….. lembre-se que a maioria dos casos de abusos sexuais são caras mais velhos com meninas….

    • Duarte Henrique
      07/06/2010 às 09:07

      Paulo,

      Sejamos sinceros, embora sejam coisas diferentes, com certeza absoluta as três coisas se relacionam. No caso específico da pederastia é impossível que essa exista sem que o homossexualismo exista. Todo pederasta (sexo entre homem e menino) pratica o ato homossexual.

      Abraços!

  4. oberdan leite de souza
    24/06/2010 às 10:26

    Isto não quer dizer que todo homosexual, seja um pedófilo ou um maniaco sexual en potencial,temos que separa o joio do trigo.

  1. 18/04/2010 às 12:27

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: